Notícias
aqui você encontra tudo sobre novidades e tendências sobre esquadrias de PVC

Você sabe o que é bioarquitetura?

15 Set 2017
compartilhe:

A bioarquitetura é um conceito focado em integrar construções ao ecossistema de forma harmônica e funcional. Trata-se de uma maneira diferenciada de arquitetar residências, escritórios e espaços comerciais, que passam a ter edificações mais vívidas e repletas de natureza.

O propósito máximo da bioarquitetura é buscar o equilíbrio entre as inovações contemporâneas e os processos construtivos vernaculares, que aproveitam os materiais naturais e renováveis. Acompanhe as próximas informações e conheça alguns detalhes que podem te ajudar na construção de uma “biocasa”:


Paredes rústicas


 

As paredes de madeira são um exemplo de material vernacular que exige pouca transformação da matéria-prima quando comparado ao aço e concreto – dois materiais que provocam diversos impactos ambientais em seu processo de fabricação.

Além da característica sustentável, a madeira permite uma ambientação rústica, que traz a sensação de naturalidade e aconchego.Tais aspectos ficam ainda mais evidentes em revestimentos oriundos de demolições, onde a madeira é aproveitada pela segunda vez.

 

Telhado verde

No telhado, a cobertura de grama é uma excelente alternativa para criar uma horta ou jardim suspenso, que melhoram a qualidade do ar e contribuem para o reequilíbrio climático. Nas grandes cidades, por exemplo, essa opção de telhado ajuda a reduzir os efeitos das ilhas de calor, além de combater o excesso de poluição na atmosfera.

 

Janelas e portas transparentes

O aproveitamento da luz do sol é um dos “pilares” da bioarquitetura, que visa reduzir o consumo energético com luzes. Por isso, as esquadrias de PVC com folhas de vidro são amplamente utilizadas nesse tipo de projeto, já que permitem a entrada de luz natural e a integração dos ambientes com a paisagem externa.

Além disso, as janelas e portas de PVC possuem atributos de isolamento térmico, que reduzem os gastos com ar-condicionado ao longo dos anos. E mais: sua durabilidade superior a 50 anos elimina a necessidade de manutenções e trocas, o que diminui a liberação de resíduos e outros materiais tóxicos no meio ambiente.

 

Auto-suficiência hídrica e energética

Além dos materiais sustentáveis, um projeto de bioarquitetura deve contemplar sistemas autônomos de geração de água e energia. Afinal, o principal objetivo dessa linha de arquitetura é estabelecer o pleno equilíbrio entre uma residência e o ecossistema.

Ao instalar placas que geram energia a partir da luz solar e um sistema de reaproveitamento de água da chuva, por exemplo, é possível ter uma casa auto-suficiente, que ajuda a preservar os recursos naturais para as próximas gerações.

Se você gostou desse artigo, não deixe de conferir os outros conteúdos do nosso site!

Quer ficar por dentro da Squadra PVC?
cadastre-se e receba em seu e-mail nossas novidades
cadastrar
© Squadra PVC 2017 - Todos os direitos reservados