Notícias
aqui você encontra tudo sobre novidades e tendências sobre esquadrias de PVC

Conheça os tipos de janelas mais utilizadas em casas modernas

compartilhe:

Na hora de pensar a colocação das janelas nos diferentes espaços de uma construção, o profissional envolvido na obra deve levar em conta três elementos fundamentais: luminosidade, ventilação e aproveitamento estético. Ao falarmos de projetos residenciais, seja de reforma ou de construção, o posicionamento e o tamanho correto também garantem o bem estar dos moradores e visitantes da casa, além de conferirem ao espaço o bom gosto e o requinte – afinal de contas, sabemos que as esquadrias desempenham um papel fundamental na composição estilística das fachadas dos imóveis.

A arquitetura contemporânea tem explorado de modo muito interessante os diferentes tipos de janelas, adequando o modelo à funcionalidade e ao aspecto estético que se pretende para cada ambiente. É fundamental encontrar um modelo que favoreça aquilo que é mais importante: circulação de ar, isolamento térmico, garantia de luminosidade etc. Para cada necessidade, há um modelo que atende melhor.

Via de regra, o que difere os variados tipos de janelas é o modo de abrir. Apresentamos agora a você os diferentes tipos de janelas disponíveis, inclusive em PVC, para você ter mais informações na hora de escolher o que usar em cada espaço da sua obra.

 

Confira os modelos de janelas

- Guilhotina: Um clássico das fachadas coloniais que foi repaginado contemporaneamente, esse modelo tem duas folhas paralelamente posicionadas. Uma fica fixa na parte superior da esquadria. A outra é deslizante, suportada na base inferior. A janela abre quando a folha de baixo é erguida e travada na mesma posição da folha superior.

- Basculante: Esse tipo de janela normalmente abre para fora, por meio de eixos horizontais deslizantes que são montados na lateral da folha principal. Tem a sua utilização mais comum em banheiros, cozinhas e áreas de serviço.

- Pivotante: Parecida com a basculante, mas com os eixos posicionados no sentido vertical. Normalmente é usada em espaços mais limitados e funciona como opção para favorecer maior entrada de ar no ambiente.

- Máximo-mar: Este tipo de janela, quando aberta, permite que a folha forme um ângulo de até 90o em relação aos caixilhos laterais, garantindo bons resultados em termos de ventilação e iluminação.

- De abrir: São as janelas mais comuns, que abrem para fora, geralmente em duas folhas.  Esse tipo de janela precisa de amplitude para o movimento e, via de regra, a fachada precisa receber uma trava metálica para manter a janela aberta e evitar alguma movimentação indesejada com o vento.

- Camarão: Essa janela tem folhas deslizantes lateralmente que são articuladas entre si. Elas se dobram quando a janela é aberta. Este modelo charmoso é muito usado em janelas compridas.

- De correr / veneziana: Muito comuns em dormitórios de apartamentos, essas janelas deslizam dentro da esquadria e garantem controle da exposição solar e da ventilação. Geralmente vêm com um sistema de folhas que controlam a iluminação e, em paralelo um segundo sistema com os vidros que vão regular a ventilação do espaço.

 

Vale ressaltar que as janelas de PVC podem ser encontradas para atender todos esses tipos de abertura, além de serem muito funcionais e terem alta durabilidade. Clique aqui e veja mais dicas especiais!

 

Quer saber mais sobre esquadrias?
© Squadra PVC 2019 - Todos os direitos reservados